sexta-feira, março 16, 2007

sonhar...


É comum a gente sonhar, eu sei, quando vem o entardecer

Pois eu também dei de sonhar um sonho lindo de morrer

Vejo um berço e nele eu me debruçar com o pranto a me correr

E assim chorando acalentar o filho que eu quero ter

Dorme, meu pequenininho, dorme que a noite já vem

Teu pai está muito sozinho de tanto amor que ele tem

De repente eu vejo se transformar num menino igual à mim

Que vem correndo me beijar quando eu chegar lá de onde eu vim

Um menino sempre a me perguntar um porque que não tem fim

Um filho a quem só queira bem e a quem só diga que sim

Dorme menino levado, dorme que a vida já vem

Teu pai está muito cansado de tanta dor que ele tem

Quando a vida enfim me quiser levar pelo tanto que me deu

Sentir-lhe a barba me roçar no derradeiro beijo seu

E ao sentir também sua mão vedar meu olhar dos olhos seus

Ouvir-lhe a voz a me embalar num acalanto de adeus

Dorme meu pai sem cuidado, dorme que ao entardecer

Teu filho sonha acordado com o filho que ele quer ter


- O filho que eu quero ter - (Toquinho e Vinícius de Moraes)


3 comentários:

Diego disse...

poxa, tô arrepiado. Sério mesmo.

Música linda demais. Não sei como vc conhece tanta coisa boa nesse mundo. Obrigado por me apresentar a mais uma delas. Mais uma de tantas e tantas e ... incontáveis de tantas que são.

Te amo minha vida, te gosto, te reepiro, te consumo.

E que o consumir seja sempre no sentido de alimentar e não de gastar...

Débora Dias disse...

Oi amorrr...
como eh q vc tah????
Um xero viu??
Uia moça...
cuidado com a vontade de ter filhos...
assunto delicado n acha?? e tem q ser bem pensado tb!
mas vc vai ser uma linda mãe!!

vaca amarela disse...

saudade...
da filha amada
que eu nao pari do ventre..
mas pari do coração!!
muitas saudades..
e eu aidan te amo!

mainha