quinta-feira, abril 23, 2009

possibilidade de amor...

*ouvindo IRA!

Quando achei que ia dar um tempo, deixar a ariana apaixonada que sou de lado pra viver outros momentos, eu o revi e o plano não adiantou. Digo revi, porque foi a primeira vez que o vi como possibilidade, como uma 'pequena epifania'. Foi muito dolorido sair do relacionamento anterior, guardar aquele amor todo, recompor. E com a maior sutileza ele me ajudou, me viu sangrar, esperou meu tempo, principalmente, me deixou decidir a hora certa de tentar de novo. E a isso sou bastante grata.
Ele me deu amor, quando achei que ninguém tinha entendido muito bem que tipo de relacionamento eu queria. Deu-me compreensão e cumplicidade, enquanto eu imaginava que era um grande engano esperar por isso. Dividiu momentos e planos, e isso me confortou como cama de molas ensacadas, eu senti um alívio tão grande por poder descansar meus pés cansados de tanto pular de sonho em sonho.
E assim, acabamos construindo uma vida a dois gostosa demais de viver e ver crescer, com pitadinhas dos dois aqui e ali, mesmo que um seja bem diferente do outro. O amor nos une. O respeito e a Liberdade acima de tudo. E hoje eu nem imagino a vida de outra forma, com outra cor.
Nunca tão estável - em sua instabilidade contida - tão mansa, intensa, ardida e doce vezenquando. Na medida como ingredientes da receita do jantar de um grande chef.
Quando achei que tinha vivido todos os momentos bons possíveis da temporada, veio alguém e me contou que um novo momento estava para estrear. E eu não acreditei que seria tão bom, tão significativo e duradouro. Mas foi. É. E digo por conhecimento de causa, digo sem conter as lágrimas, que não poderia ser melhor, que o meu corpo e coração cansados agradecem.
Hoje ele ocupa o lugar que quiser em mim. Ele tem as chaves de todas as alas, entradas, saídas e bandeiras. Ele é livre, como só quem é livre pode compreender como se vive assim, e como é bom. Que a liberdade que esse amor têm o eleve, o engrandeça, o satisfaça.
Minha gigantesca epifania que já dura 3 anos e um tantão.

3 comentários:

day disse...

oie achei seu blog pelo de uma amiga minha,resolvi ler,gostei muito parabéns..escreve coisas legais..

Evah Nick disse...

filhota...
que amor lindo...
que dure muitos 3 anos e mais muitos tantões!!!


saudade!

Manuh Andrade disse...

ele tenm a chave de todas as alas...
e que venham mais três anos e muitos tantôes!!
amo imensamente