quinta-feira, maio 15, 2008

nunca tanto...

Quanto tempo desde da última vez, é que eu estava me procurando por aí, eu sempre fico assim com uma nova paixão, Caio F. Abreu, e eu estou me deliciando e até me policiando pra não acabar o livro tão cedo, acho que ninguém quer na verdade que o frescor do início da paixão acabe. E também a vida está uma loucura, estudando muito, trabalhando idem, são tantas responsabilidades...
Aqui dentro tudo está andando, não é uma boa descrição realmente de como estão as coisas, mas é o que eu posso dizer no momento, nunca estive tão só com os meus pensamentos, tão lá dentro, tão intensa e em pedaços como agora.
Estou me perdendo e me encontrando em outros lugares, outras eu e é incrível como elas conseguem ser tão diferentes e complexas.
Estou me explorando é isso. Me cafucando, sabe lá Deus o que eu vou achar, mas esse é o momento, tudo nunca foi tão estável e eu nunca fui essa.

3 comentários:

Camilinha disse...

assim: tudo organizado aqui na cabeça... tudo desorganizado aqui na alma...hehe


beijos daqui...



* caio tem poder... nem imagina...hehe

Rezú disse...

caio, mestre de sempre...
sempre tem uma certa pro momento!
bjo, querida!

Diego Couto disse...

?