quinta-feira, agosto 02, 2007

quem vai dizer?

“... as vezes a gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro.” Essa frase costuma me dizer tanto.
Adoraria possui o dom de me convencer de que o que é certo é o que existe, e não há como discutir sobre essa ou aquela questão e pronto, se tudo acontece sempre como tem que ser sem manipulações ou interferências como esse não pode ser o caminho certo?
Esse lance de procurar o certo sempre, como se isso fosse a lei da vida: achar o caminho certo e seguir. É muito, muito esquisito. O que fiz certo, e o que fiz errado todo esse tempo, quem vai dizer? Pessoas escolhem e tomam rumos e pronto.
Eu sempre fiz o que quis, e até quando achei que estava sendo influenciada a viver dessa ou daquela maneira ponderei, será??? Sou o que sempre quis ser, apesar de não ser tudo tudinho.

Cada coisa ao seu tempo...

3 comentários:

Diego disse...

sei...

rsrsrsrs

vaca amarela disse...

tempo..
pouco tempo pra muita vida!
saudade enorme..desculpe eplas camisas...
to devendo..
tive poblemas..vou tentar fazer e enviar ta??
preciso do seu endereço!
beijo amo vc filhota!

Débora Dias disse...

Lispector né??

Um dia tava lendo uma coisa ou outra dela e tambem parei nisso: "A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro"
Engraçado né? eu consigo pensar zilhões de coisas a partir dessa frase, mas n consigo transcrever pro papel uma sequer.

Beijos mulher, ve se n some da minha vida. Te amo!